13 outubro 2013

[nascido em tavira e engenheiro naval por glasgow, este irmão pessoa festeja hoje cento e vinte e três risonhas translações solares. parabéns álvaro, que contes muitas...]








O binómio de Newton é tão belo como a Vénus de Milo.
O que há é pouca gente para dar por isso.

óóóó — óóóóóóóóó — óóóóóóóóóóóóóóó

(O vento lá fora).








Álvaro de Campos











2 comentários:

  1. Lembrei-me de um excerto do Manifesto Futurista do Marinetti: «Um carro de corrida adornado de grossos tubos semelhantes a serpentes de hálito explosivo... um automóvel rugidor, que parece correr sobre a metralha, é mais belo que a Vitória de Samotrácia.»
    Boa semana. :)

    (Gostei do blues do Big Joe :).)

    ResponderEliminar