27 setembro 2013









Na palma da tua mão





e na palma da tua mão 
busco ternura 
sem contar meses, 
anos, dias, 
sem saber dizer 
se já te chorei 
por inteiro 
o suficiente 
para não voltar
a perder-te 








Vasco Gato









1 comentário: