01 junho 2017






Despedida




Era um poema de Li Bai,
mas sem as colinas escuras,
sem águas claras,
sem a muralha oriental,
sem a erva das estepes,
sem as nuvens flutuantes,
sem crepúsculos.

Era um poema de Li Bai,
um lugar assim despido
onde fizemos a nossa despedida:
velhos amigos dizem adeus
e os seus cavalos também.





Pedro Mexia







2 comentários: