08 outubro 2015





[ leituras ]










"the self-portrait (a cultural history)"

james hall

ed. thames & hudson



estou apaixonado por mais uma magnífica edição da thames & hudson, com capa dura, óptimo papel e inúmeras reproduções a cores - desta vez uma viagem pela história da arte baseada num dos géneros mais comuns (ou nem sempre) da pintura/gravura/desenho: 
o auto-retrato.
desde a idade média até aos nossos dias vamos encontrando dürer, velázquez, ticiano e tantos outros, e através da evolução da maneira de encarar o auto-retrato percebemos um pouco melhor o modo como certas características da arte europeia se foram modificando. com pormenores sobre os pintores e os retratados e alguns deliciosos detalhes sobre as obras, a narrativa de james hall tem o mérito de nos manter sempre interessados.
e, numa época dominada pela pobreza instantânea das selfies, o auto-retrato assume de novo um encanto muito especial.






2 comentários: