03 outubro 2015







Alguém diz com lentidão:
"Lisboa, sabes..."
Eu sei. É uma rapariga
descalça e leve,
...um vento súbito e claro
nos cabelos,
algumas rugas finas
a espreitar-lhe os olhos,
a solidão aberta
nos lábios e nos dedos,
descendo degraus
e degraus
e degraus até ao rio.

Eu sei. E tu, sabias?






Eugénio de Andrade







4 comentários:

  1. Nunca o leio que não me lembre da versão musicada dos Trovante. :)

    ResponderEliminar
  2. Eu não, mas fiquei a saber :-)))))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e agora sabes mais do que eu… :)

      Eliminar