03 julho 2015






"Quando durmo muitos sonhos, venho para a rua, de olhos abertos, ainda com o rastro e a segurança d'elles. 
E pasmo do automatismo meu com que os outros me desconhecem."




Bernardo Soares




3 comentários:

  1. Isto é mesmo verdade!
    Raramente me lembro dos sonhos (não ponho a hipótese de não sonhar porque os especialistas dizem que sonhamos sempre que dormimos), mas quando me lembro ando um bom bocado com a minha sósia colada a mim.
    Bom fim-de-semana, josé luís!

    ResponderEliminar
  2. Quando durmo, nem que 15 minutos, sonho sempre e, quando volto a ficar com sono, passam-me em rasante os sonhos passados :)

    ResponderEliminar