29 junho 2015






este grande azul tem uma versão mais longa, gravada alguns anos mais tarde - e depois veio a ser objecto de um dueto com van morrison (na fase final da carreira, com as gravações de john lee "with friends") - mas é neste original que se revela tudo aquilo que faz de hooker inimitável. não é o esquema métrico nem o seu estilo pessoal na guitarra: é aquele indício (aliás propositadamente velado, creio) dessa atmosfera particular, uma vivência dos azuis que mais ninguém conseguiu sugerir.



It serves me right to suffer, serves me right to be alone
Serves me right to suffer, serves me right to be alone
Because in my mind I'm still livin' in days done past and gone

Ev'rytime I see a woman she makes me think of mine
Yeah, ev'rytime you see a woman she makes me think of mine
And that's why, that's why, that's why I can't keep from cryin'

My doctor put me on milk, cream and alcohol
My doctor put me on milk, cream and alcohol
He told me that's why you can't sleep at night







5 comentários:

  1. e não há sete diferenças a descobrir. a essência dessa atmosfera é exactamente a mesma aqui:
    https://youtu.be/1bw6znsxv8s

    ResponderEliminar
  2. Bem bom para este regresso ao trabalho!
    Boa semana, josé luís.

    ResponderEliminar