18 dezembro 2013









a arrumar caixas antigas, dei com um grupo de cassetes que devo ter gravado nos anos oitenta. numa delas estava esta canção, daquela fase dos stranglers em que a costela punk já estava algo esquecida mas a vontade de experimentar novos sons permanecia intacta. ouvida agora, nota-se que soube envelhecer com estilo.




Golden brown texture like sun
Lays me down with my mind she runs
Throughout the night
No need to fight
Never a frown with golden brown

Every time just like the last
On her ship tied to the mast
To distant lands
Takes both my hands
Never a frown with golden brown

Golden brown finer temptress
Through the ages she's heading

West
From far away
Stays for a day
Never a frown with golden brown

Never a frown
With golden brown
Never a frown
With golden brown









5 comentários:

  1. Das poucas canções que sei de cor e salteado, ainda hoje, embora esta a deva ao meu primeiro namorado, um filho da mãe que se tornou juiz (ele saberá das suas razões e eu partilho algumas delas, adolescendo ambos complicadamente)

    ResponderEliminar
  2. o castanho dourado não é a cor da justiça ;)

    ResponderEliminar
  3. an instant classic!
    ( since 1981 ;) )

    ResponderEliminar
  4. Adoro! O meu irmão mais velho tinha este álbum ;)

    ResponderEliminar