05 novembro 2013








fábula  da  replicação  genética







sempre soube que havia dentro de si uma inclinação poética:
e mesmo sabendo que a replicação acarreta o fardo iniludível
de cada cópia ser um bocadinho menos perfeita que a anterior
não resistiu o engenheiro genético a clonar o seu melhor verso
não resistio u engenheiro genético a klonar o seu melhor verso
naum rezistio u enjinheiro jenético a klonar u seu melhor verço












(sim, confesso, outra ideia roubada a roger mcgough)


Sem comentários:

Enviar um comentário